OS NOVOS FÜHRERS! THE NEW FÜHRERS!

OS NOVOS FÜHRERS! THE NEW FÜHRERS!

Suposto Meteoro Gigante É Flagrado Por Câmeras na Rússia



Depois de um breve período de inatividade, os cidadãos russos voltaram a presenciar eventos nos céus de todo o país. Entre 12 e 20 de novembro de 2014, foram avistadas cerca de 25 quedas de objetos dados como meteoros e outros fenômenos celestes.

O maior dos eventos recentes chamou a atenção da Rússia e do mundo no dia 14. O que parece ser um gigantesco meteoro foi flagrado por diversas câmeras e iluminou a noite com um clarão alaranjado.




Várias hipóteses foram levantadas, variando desde a mais provável - queda de um enorme meteoro - até as menos plausíveis, como a explosão de um bolsão de gás, e às mais absurdas - como um teste de bomba nuclear.

O governo russo não fez pronunciamentos a respeito do evento, limitando-se somente a dizer que não identificou a origem do clarão.

Segundo os cientistas, se for realmente um meteoro, sua massa deve ter sido dezenas de vezes maior do que o que caiu em Chelyabinsk, também na Rússia, em fevereiro de 2013, ferindo mais de mil pessoas.

Pesquisa Comprova Conhecimento Avançado de Acústica na Cultura Maia



Em outubro de 2010, o arqueólogo e pesquisador David Lubman concluiu uma pesquisa que vinha fazendo há 12 anos.

Segundo este documento, a maioria das pirâmides Maia têm um design único que serve para gerar diversos sons. A principal, em Chichen Itza, tem a função de imitar o som do pássaro real dos Maias, o Quetzal, e outras ainda apresentam truques arquitetônicos como a formação da figura de uma serpente na balaustra oeste da pirâmide de Kukulkan durante os equinócios apenas utilizando as sombras produzidas pelos ângulos da construção.

Segundo Lubman, "os povos antigos achavam que somente receberiam atenção dos deuses se construíssem prédios com extensas escadarias na frente e provavelmente eles acabaram encontrando este padrão acústico por acaso, mas terminaram por usá-lo para aproximarem-se dos deuses ainda mais. Assim, quando batiam palmas em frente ao templo, a reverberação que retornava era idêntica ao som produzido pelo pássaro Quetzal, o que os fazia acreditar estarem sendo reconhecidos e agradecidos pelos deuses, especialmente pela deusa serpente Kukulkan, a qual era representada na Terra pelo Quetzal".

Lubman e outros estudiosos concluíram recentemente que o que produz o som celestial é a forma da construção.

Os 365 degraus (o mesmo número de dias do ano no calendário Maia) constituem uma espécie de "dissipador de som" que dispersa o ruído das palmas por todos os lados e devolve um gorjeio cuja frequência é descendente e idêntica à do Quetzal. Isso contribuiu em muito para a aceitação científica dessa façanha uma vez que, em 2004, arqueólogos belgas foram ridicularizados por dizerem que o som produzido pelos degraus inferiores da pirâmide reproduziam pingos de chuva caindo em um balde com água.

Lubman comprova a existência do som de gorjeio, pingos de chuva e outros ainda ocultos.



Na conferência arqueológica ocorrida em Cancún, Lubman e diversos outros estudiosos apresentaram provas de que as pirâmides foram construídas já com o conhecimento de que certos ângulos produziriam sons específicos que seriam acionados através de certas ações (como palmas, no caso do som do Quetzal).

Outra revelação excitante foi feita por Francisca Zalaquett, da Universidade Autônoma do México, que disse poder comprovar que os templos em Palenque, outra cidade Maia famosa, foram conStruídos de forma a produzirem música de certa distância.

Embora tenham sido apresentadas provas fundamentais através dos anos de que os sons ouvidos são produzidos propositalmente, alguns pesquisadores têm reservas céticas quanto a isso.

Um deles, Lisa Lucero, da Universidade de Illinois, diz que "ainda é cedo para dar isso como comprovado e certamente os Maias usavam a acústica para melhorar o som em seus cultos e discursos, mas só poderemos comprovar a verdadeira intenção desses sons ainda irreconhecíveis quando encontrarmos inscrições dirigidas para tal".

Poderíamos Estar Rumando Para a 3ª Guerra Mundial?

Conflito na Faixa de Gaza já matou mais de 5 mil palestinos desde julho

Mais uma vez a ameaça da guerra toma conta do mundo com os recentes e contínuos ataques de Israel à Faixa de Gaza e a tentativa de invadir o Irã por parte dos EUA.

Levando em conta os diversos fatores envolvidos e uma teoria chamada "Ciclos de Guerra", analistas econômicos dão quase certeza da iminência da 3ª Guerra Mundial.



A Teoria dos Ciclos de Guerra:
"De tempos em tempos, quando há algum fator desfavorável à paz, o mundo pode entrar em um período de obscuridades entre governos e mesmo entre o governo de uma região e seu próprio povo. Tais obscuridades podem ser crises governamentais, econômicas, étnicas e lutas por posses territoriais e/ou estratégicas como petróleo, acesso rápido a outros locais e posição.
Em momentos como esse, o mundo observou o início das duas Grandes Guerras. Quando o mundo se viu ameaçado pela obscuridade contida na possível vitória das Potências Centrais, ocorreu a 1ª Guerra; e novamente, quando Hitler ameaçou dominar o mundo, uma nova guerra, a Segunda, se instaurou. Estas obscuridades foram causadas por - ou causaram - crises econômicas, territoriais, étnicas e combates entre o povo e seus governos. Outras pequenas guerras regionais, como a do Golfo em 1990, foram causadas pelas mesmas obscuridades.
Tomando-se em consideração estes fatores, formam-se 'Ciclos de Guerra'."


E exatamente isso, um novo ciclo de guerra, é o assunto do momento entre os analistas econômicos. Os mais renomados da área, Kyle Bass, Larry Edelson, Jim Rogers e Marc Faber, preveem uma guerra generalizada que poderá tomar proporções mundiais em pouco tempo.

Kyle Bass escreve:

"Trilhões de dólares serão gastos para a reestruturação dos países atingidos e milhões de poupadores financeiramente prudentes vão perder grandes porcentagens de seu poder de compra real, exatamente no momento errado - na presença de uma crise econômica. O mundo não vai acabar, mas o tecido social das nações que gastam com extravagância - como os EUA - será esticado, em alguns casos ao extremo.
Infelizmente, olhando para trás ao longo da história econômica, muitas vezes a guerra é a manifestação da simples entropia econômica levada à sua conclusão lógica. Acreditamos que a guerra será uma conseqüência inevitável da atual situação econômica mundial."

Larry Edelson escreveu um e-mail aos assinantes de seu site intitulado "O que os Ciclos de Guerra estão dizendo sobre 2015":

"Desde os anos 1980, eu estudei os chamados 'Ciclos de Guerra' - os ritmos naturais que predispõem o caos e o ódio nas sociedades, podendo acabar em uma guerra civil e até mesmo internacional. Eu certamente não sou a primeira pessoa a examinar esses padrões muito distintos na História. Houveram muitos antes de mim, como Raymond Wheeler, que publicou a crônica de maior valia sobre a guerra, cobrindo um período de 2600 anos de dados. No entanto, existem poucas pessoas dispostas a discutir o assunto agora. Com base no que estou vendo, as implicações podem ser absolutamente enormes em 2015."

Por que esses gurus econômicos estão prevendo a guerra?

Por um lado, muitas pessoas influentes acreditam erroneamente que a guerra é boa para a economia.

Sobre isso, Jim Rogers diz:

"Se a crise se transforma em uma guerra comercial, será o maior e mais perigoso acontecimento dos últimos tempos. Guerras comerciais sempre levam a guerras generalizadas. Ninguém ganha as guerras comerciais, exceto quem acaba lutando nas guerras físicas quando elas acontecem. Isso é muito perigoso. A continuação dos resgates financeiros na Europa poderá vir a desencadear uma nova guerra mundial.
Aumentando a dívida, a situação fica pior, e, eventualmente, tudo entra em colapso. De repente, todo mundo está à procura de bodes expiatórios. Políticos culpam os estrangeiros, e nós entramos na 'Guerra Mundial X'."

Marc Faber vai ainda mais a fundo na crise mundial e culpa o governo americano pela deterioração da paz mundial:

"O governo americano vai começar novas guerras em resposta à crise econômica. A próxima coisa que os EUA vão fazer para distrair a atenção das pessoas em más condições econômicas é começar uma guerra em algum lugar. Se a economia mundial não se recupera, normalmente as pessoas vão para a guerra e é isso que joga a favor da grande mentira americana. Baseado nos 'Ciclos de Guerra' e na atual divisão econômica e bélica do mundo, acredito que os EUA, a China e a Rússia podem ir à guerra pelo petróleo do Oriente Médio muito em breve."


E ao que parece, os relatos dos analistas econômicos estão corretos. O estresse em regiões de guerra territorial como a Faixa de Gaza chegou ao seu limite sustentável e inevitavelmente virá a se tornar um evento de grandes proporções que poderá se expandir, caso ocorram os fatores necessários, a nível mundial.

Com ajuda dos EUA - que se diz contra os ataques, mas é sabidamente um dos maiores interessados no conflito para, caso haja uma guerra generalizada, tomar o território para sí -, Israel bombardeia fortemente a região palestina da Faixa na maior ofensiva desde 2008.

O momento de obscuridade perfeito para o início de uma nova guerra mundial está claramente definido. Basta agora saber quando a declaração de seu início ocorrerá.

Alemanha X EUA: Uma Guerra dos Illuminati?

É um tanto estranho duas nações tão diferentes terem o mesmo símbolo para representar a liberdade


Para entender melhor as ligações, vamos dividir o texto em três campos: A Alemanha e Hitler, Os EUA e A Guerra Illuminati.
______________________________________________________________________

1. A ALEMANHA E HITLER

Depois do assassinato do Arquiduque Franz Ferdinand da Áustria em 28 de junho de 1914, os Poderes Centrais (Alemanha, Império Austro-Húngaro, Império Otomano e Bulgária) uniram-se contra os Poderes Aliados, a Entente (liderada pela França, Inglaterra, Rússia, Estados Unidos e outros, entre eles o Brasil), no que ficaria conhecido como a Primeira Guerra Mundial ou A Grande Guerra.

Quatro anos se passariam até que o fim da guerra se apresentasse com a entrada definitiva dos EUA na ofensiva com a Guerra dos Cem Dias (que durou apenas 33 dias). Os Aliados ganharam a guerra, mas a Alemanha recusava-se a aceitar as demandas impostas pela Entente e tudo permaneceu indefinido até a assinatura do Tratado de Versailles em 28 de junho de 1919.

Em meio aos bravos soldados alemães, estava um nome ainda desconhecido: Adolf Hitler. Nascido em Viena, Áustria em 20 de abril de 1889, Hitler teve uma vida regrada pelo patriotismo e o ocultismo, setor da cultura da qual ele sempre foi um assíduo leitor/estudante. Sendo um herói de guerra condecorado, sua ascensão dentro da Alemanha foi rápida e a chegada ao cargo máximo de Führer se deu em 1934.

A partir daí, Hitler trabalhou juntamente a seus mais próximos no comando e a líderes ocultistas para a dominação mundial através da implantação de uma Nova Ordem onde a Alemanha seria a nação controladora de todas as outras. Seus planos também incluiam a eliminação das "pragas", constituídas de todas as raças que não fossem dignas da existência perante a hegemonia do Arianismo.

Segundo textos antiquíssimos, os Arianos eram seres extraterrestres que carregavam nosso DNA puro, que era constituído de genes que formariam apenas seres louros, altos e brancos, ou seja, sem imperfeições na visão de Hitler. Sua busca por tais seres e outros artefatos místicos como a Arca da Aliança tomaram milhares de marcos do orçamento governamental. Os gastos com essas buscas só não excederam os que eram feitos com aquisição de novas tenologias que, desenvolvidas de modo correto e no tempo certo, dominariam o mundo em um piscar de olhos.

Hitler iniciou sua busca pela dominação mundial em 1º de setembro de 1939 com o Eixo (Alemanha, Japão, Itália, Hungria, Romênia, Bulgaria e outros) em embate direto com os Aliados (EUA, França, Rússia, Inglaterra e outros, incluíndo o Brasil) no confronto conhecido como a Segunda Guerra Mundial.

Durante os seis anos da guerra, Hitler buscou contatos alienígenas com os Arianos e outros seres e desenvolveu tecnologias literalmente de outro mundo para a época. Seu maior engenheiro, Von Braun, havia desenvolvido até uma nave em formato de sino que seria usada, segundo teorias, para viagens a outros planetas no caso de perda da guerra e mesmo viagens no tempo.

Apesar do patriotismo conquistado por Hitler, sua luta estava fadada à derrota e o Terceiro Reich caiu em 1945. Relatos contam que, não aguentando o peso da derrota, Hitler suicidou-se em 30 de abril de 1945 e seu corpo foi queimado em frente a seu bunker, mas nenhuma evidência disso foi encontrada e seu status é desconhecido até hoje.

Curiosamente, vários generais da SS, engenheiros e líderes da seita Vrill (a qual Hitler seguia) sumiram no momento em que a guerra terminou, abrindo uma grande lacuna para especulações e perguntas como: teriam os alemães alcançado a tecnologia suprema e fugido para outro planeta ou tempo?.


1.1 Arianismo = Domínio Illuminati?

Os preceitos de Hitler eram todos de acordo com sua crença no Arianismo e na necessidade de uma nova sociedade com ordens partidas de um único líder. Tais idéias evidenciam uma grande influência Illuminati em seus atos. São os dois principais:

- implantar o Arianismo: todos devem ser iguais, exceto seu líder, que é imutável e único; na doutrina Illuminati, um líder único e diferenciado é uma das buscas.

- implantar uma nova ordem com um governo único para todos; princípio número um dos Illuminati, a necessidade de todas as nações estarem unidas sob um único e tirano governo para a implantação da Nova Ordem Mundial.
________________________________________________________________________

2. OS EUA

Nascido a partir de uma rebelião das 13 Colônias contra o governo britânico em 4 de julho de 1776, seus fundadores eram todos participantes da sociedade maçônica, o que gerou alguns conflitos de ideais em 1º de maio de 1776, dia da fundação dos Illuminati na Bavária.

Sua participação na Primeira Guerra Mundial se deu ao final do conflito e seu embate foi contra a Alemanha, única nação que permaneceu de pé após os armistícios. Graças aos EUA e seu arsenal, a Alemanha não ganhou a Guerra.

Em 1939, o Eixo começou a Segunda Guerra Mundial e lá estavam os EUA liderando as nações Aliadas contra o provável domínio mundial da Alemanha, tamanha sua força bélica. Sua participação direta na guerra garantiu a vitória dos Aliados e supostamente levou Hitler ao suicídio. Desde então, os EUA vêm sendo o mediador de diversas guerras, e o causador de centenas mais em um papel, no mínimo, dúbio em suas ações.


2.1 Liberdade = Domínio Illuminati?

As declarações de que o mundo precisa se unir evidenciam ações Illuminati. Outras ações norte-americanas apontam para sua vontade de dominar o mundo. Acompanhe:

- pregar a necessidade da união de todos os países nas Nações Unidas; unir as nações sob um único e tirano governo é o primeiro ponto dos Illuminati para a implantação da Nova Ordem Mundial.

- dar opinião na conduta de outros países quanto a suas ações comercias ou políticas; novamente evidencia-se o desejo de dominar e impor opiniões.

- criar "guerras contra o terror", sabendo-se que na verdade só estão atrás do petróleo ou qualquer outro bem valioso para a manutenção da sociedade na região onde invadiram; controlar recursos naturais e torná-los privados para gerar ondas de americanismo é uma ação Illuminati que visa a instauração da Nova Ordem.
_________________________________________________________________________

3. A GUERRA ILLUMINATI

Tanto os EUA quanto a Alemanha têm pontos questionáveis que evidenciam uma crença na necessidade da implantação da Nova Ordem Mundial dos Illuminati. Mas somente tais semelhanças não podem torná-los Illuminati com certeza, pois somente lembram as doutrinas de tal sociedade, isso é verdade. Porém, acompanhe essas estranhas coincidências:

Ao lado temos um panfleto nazista onde Hitler lidera o povo alemão à vitória. Se repararmos bem, uma águia surge do Sol atrás da Alemanha.

Uma águia vinda do céu em auxílio a Hitler? Isso parece indicar que a Alemanha será ajudada por algo vindo do céu e, curiosamente, Hitler acreditava no fato de estar sendo ajudado por extraterrestres, provavelmente os Arianos.

Von Braun, principal engenheiro de Hitler, declarou até seu último dia de vida que "a Alemanha foi ajudada por extraterrestres no desenvolvimento de suas armas tecnologicamente avançadas para a época".

Nessa segunda figura, Hitler apresenta-se novamente junto a sua "águia salvadora" que segura a swastika (que em sânscrito significa "objeto da sorte").

Repare na posição da águia: asas abertas com a cabeça virada para a esquerda de quem vê, e a swastika, símbolo adotado pelos nazistas, em suas garras.




Veja mais de perto e em detalhes nítidos:



A figura acima lembra alguma coisa? Deveria.

Qual o símbolo da soberania americana? A MESMA ÁGUIA.


Águia da bandeira dos EUA
Repare que a posição das asas e da cabeça é a mesma, e que a águia americana também carrega um brasão representando seu povo, com a diferença de que ela também exibe o poder do "13", representando  Lúcifer (13, o número de colônias, também é o número de Lúcifer na Cabala) e seus diversos poderes (13 frutos, 13 folhas e 13 flechas).

Lúcifer é o Portador da Luz, o qual, para os Illuminati, trará a Nova Ordem Mundial iluminando as mentes das pessoas para que se condicionem a serem governadas por um único líder tirano. Claramente vemos que essa águia é um símbolo Illuminati "abertamente escondido" na bandeira americana.

Essa águia está também no Dollar (figura ao lado), a moeda americana. Isso torna indiscutível a doutrina Illuminati dos EUA e sua busca pela dominação mundial através de vários outros símbolos da sociedade maligna na mesma moeda.

Podemos então dizer que os EUA tinham um objetivo obscuro ao derrotar a Alemanha nas guerras sem ter medo de sermos taxados de nazistas. O que mostra esse lado tenebroso americano é, além do fato de termos os símbolos Illuminati em sua moeda e prédios públicos, a presença do mesmo símbolo na Alemanha nazista.

Marco alemão
Assim como no Dollar, o Marco alemão também carrega a águia Illuminati. Podemos perceber então que ambas nações são Illuminati disfarçados de benfeitores para seus aliados e para o mundo, pois assim como em partidos políticos e outros setores da sociedade, devem existir facções contrárias dentro da Maçonaria e Illuminati.




Porém, a águia Illuminati pode significar uma união bem mais sinistra entre os planos nazista e americano. Veja a tábua Suméria abaixo:


Vê-se claramente no centro da imagem um ser voador que relembra as águias americana e nazista. Para os Sumérios, essa é a representação dos Annunaki, deuses extraterrestres que criaram o Homem como escravos para manter a Terra até seu retorno.

Seriam os Arianos de Hitler os mesmos Annunaki dos Sumérios? E seriam os Annunaki os mesmos seres representados pela águia Illuminati?

Pelas lendas, as naves Annunaki lembravam águias que vinham do céu. Logo, pode-se dizer sem muitas dúvidas que tanto a Alemanha idealizada por Hitler e os EUA de Truman eram facções Illuminati em guerra para ver quem teria a vantagem para impor a Nova Ordem Mundial primeiro e dominar a todos.

Os Annunaki estariam hoje, sem a forte Alemanha de Hitler, apenas observam os EUA em sua busca pelo controle mundial e esperando o momento de tomar o mundo para sí?

Caberia a nós impedir o domínio norte-americano que cada vez mais ameaça os verdadeiros princípios da liberdade e fraternidade?

Estas são algumas das perguntas que só o tempo, e nossa consciência coletiva, responderá.

Nibiru: O Planeta X

A suposta órbita de Nibiru
Desde sua descoberta, em 1906, este misterioso planeta vem ameaçando a Terra. Sua órbita "trans-netuniana" (ele tem órbita errática que passa por dentro da rota de Netuno por duas vezes) influenciou pesquisas sobre o comportamento estranho e a possibilidade de que aquela "pedra" tivesse "vida própria", podendo sair e reentrar o Sistema Solar quando bem entendesse em uma espécie de viagem pelo Universo.

As pesquisas com o objeto foram tão intensas que mesmo após a morte de seu descobridor, Percival Lowell, em 1916, elas ainda atraiam atenção e culminaram em um dos mais importantes achados da humanidade em 1930, quando Clyde William Tombaugh, um jovem de 22 anos, descobriu Plutão.

Com os anos, a ciência evoluiu e este fator parece ter obscurecido a existência desta pedra assassina, e já não se falava mais dela no fim dos anos 1980.

Mas as revelações encontradas em profecias pelo mundo todo despertaram a possibilidade de que o Planeta X realmente exista e possa estar em rota de colisão com a Terra. Além destes oráculos, que podem ser refutados por pessoas mais afoitas, a própria Bíblia fala do estranho planeta de uma forma alarmante e semelhante à de Nostradamus. Veja:

  • "O Sol converter-se a em trevas, e a lua em sangue, ao se aproximar o grandioso e temível dia do senhor" (Joel, 4:15)


  • "Quando o Sol ficar completamente eclipsado; O monstro será visto em pleno dia; mas o interpretarão de outra forma. Não serão tomados cuidados: ninguém irá prevê-lo." (Nostradamus, cent.III, q.34)


  • "A Terra está de todo quebrantada, ela totalmente se move com violência. A Terra cambaleia como um bêbado e balanceia como rede de dormir." (Isaias,24: 19-21)
  • "E logo depois da tribulação daqueles dias, escurecer-se-à o Sol, e a Lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potestades do céu serão abaladas. E então aparecerá o sinal do Filho do Homem no céu, como o relâmpago que sai do Oriente e se mostra até o Ocidente." (Mateus, 24:29)


  • "Aparecerá no céu, no norte, um grande cometa." (Nostradamus, Cent. II, 43)
  • "A Lua, devido ao novo corpo celeste, aproximar-se-à da Terra e seu disco aparecerá 11 vezes maior que o Sol, o que provocará maiores marés e inundações." (Nostradamus, cent. IV, q. 30)

Outra unanimidade encontrada nestas duas fontes é o número de pessoas que sucumbirão à catástrofe:

  • "Em toda a terra, diz o Senhor, dois terços dela serão eliminados, e perecerão; mas a terceira parte restará nela" (Zacarias,13:8)
  • "Farei passar a terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro..." (Zacarias,13:9)
  • "Bilhões vão morrer, mas um terço da humanidade sobreviverá e repovoará o planeta, e a Terra viverá em paz pelos restos de seus dias, até o ano 3.600 e alguma coisa, quando a Terra finalmente esgotará seus recursos." (Nostradamus, cent. IV, q. 31)

Os nomes do Planeta X são muitos, como Absinto (Apocalípse), Nibiru (Babilônios), Hercólubus (Gnose), mas o verdadeiro vem da antiga Suméria: Marduk. Os nomes genéricos vão ainda além, classificando-o como "monstro", "Assentiu", "Abominação desoladora" (Bíblia - Daniel, João e Jesus, respectivamente), "grande estrela", "rei do terror" (Nostradamus), "intruso", "higienizador" (Ramatis), "chupão" (Xico Xavier) e "X" (astrônomos).

Os Babilônios, Sumérios e Gnósticos sabiam da existência de um planeta a mais em seu Sistema, chamado de "'O' 12". Eles conseguiram até a calcular sua rota e órbita chegando a uma conclusão em comum: sua órbita era elíptica, em torno do Sol, envolvendo todos os outros planetas e levando um número muito conhecido da Bíblia nessa informação. Sua "viagem" durava 6.666 anos e 66 dias (666 + 666 = duas vezes o número do Anticristo).

Os Sumérios ainda acreditavam que dentro deste astro viviam os Anunnaki, ou Nefilim, seres que se utilizavam da rota singular do planeta para usá-lo como um observatório em movimento.

Um fato interessante é que Nibiru tem um prazo de chegada diferente de todas as catástrofes previstas em qualquer oráculo. Enquanto tudo agora parece convergir para o temido 2019, Nibiru supostamente chegou ao nosso Sistema em 27 de janeiro de 2013 e teoricamente é visível no Hemisfério Sul pouco acima da linha do horizonte. Em tese, seu brilho tão intenso tornaria praticamente impossível que alguém pudesse não percebê-lo.

Quanto mais perto da Terra ele chega a partir deste momento, mudanças serão sentidas principalmente no comportamento do planeta, como sua frequência vibratória. O tamanho do Planeta X (Nostradamus descreve como '11 vezes maior que o círculo solar') e a atração gerada por ele será tão grande que a Terra tremerá por quatro dias e quatro noites seguidas dando a impressão de que as estrelas estão caindo do céu como descrito pelo profeta Mateus. Seria nesse momento que 2/3 da população morreria devido a erupções vulcânicas, terremotos intensos, tsunamis e toda a sorte de males que o movimento extremo possa trazer.

Seja de onde quer que venha essa informação, um dado é unânime: o Planeta X existe. Nós somente não podemos percebê-lo pelo fato de que o ser humano tornou-se muito fechado ao Universo através dos tempos.

Vibrações cósmicas são sentidas por todos os seres vivos, até os ditos irracionais, exceto pelo ser humano, que preocupa-se mais com o que vestir e como falar as gírias da moda do que com sua contribuição neste mundo. Rezemos para que a ira - algo muito comum nesses dias - não suprima a compaixão, senão estaremos fadados à morte e ao esquecimento.

Tucanada Atucanada Faz Brasil Virar Piada; Perdas Para o PSDB São Significantes e Poderão Ameaçar o Futuro do Partido

Desde a eleição, no último dia 26, o Brasil vive um momento histórico: o número de desesperados e pedidos sem sentido aumentou vertiginosamente.

A elite que não aceita a opinião do povo sobre qual é o melhor governo, registrada nas urnas, agora mancha a imagem do país no exterior com um pedido de Impeachment enviado à Casa Branca que deve ter feito Obama chorar de tanto rir. O mesmo deve ter acontecido com os ministros do TSE quando receberam o pedido de recontagem dos votos.

Além disso, o próprio PSDB tem se mostrado contra estes recursos desesperados e teme por seu futuro se tais manifestações absurdas continuarem.

Abaixo, um resumo das últimas loucuras e suas respostas.
------------------------------------------------------------------------------------------------------

OBAMA FRUSTRA PEDIDO DE "IMPEACHMENT"
Fonte: Viomundo



Após a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), eleitores insatisfeitos com o resultado do pleito criaram uma petição (leia a íntegra abaixo) no site da Casa Branca pedindo que os Estados Unidos se posicionassem contra o que o texto chama de “expansão bolivariana e comunista no país” – até esta terça-feira (4) mais de 123 mil pessoas tinham assinado o documento.

Em nota, a adida da Embaixada dos EUA em Brasília Arlissa Reynolds afirmou que “petições apresentadas nessa página não representam as opiniões do governo dos EUA”.

Reynolds lembrou que a Casa Branca já se manifestou sobre as eleições no Brasil e “publicou uma declaração parabenizando a presidente Dilma Rousseff por sua reeleição.

O texto divulgado pelo governo americano diz que “o Brasil é um importante parceiro para os Estados Unidos e estamos empenhados em continuar a trabalhar com a presidente Dilma Rousseff a fim de fortalecer as nossas relações bilaterais”.

A petição feita pelos brasileiros também esbarra no fato de que a seção onde foi criada no site da Casa Branca, o “We the People” (Nós o Povo, em tradução livre), “é destinada à cidadãos norte-americanos” com “13 anos de idade ou mais”, segundo a diplomata.

Uma outra petição insta o governo do presidente Barack Obama a investigar e processar “indivíduos ligados a fraudes e crimes ocorridos na Petrobras durante a gestão de Dilma Rousseff”, com “a ajuda do FBI [Agência de Investigação Federal dos EUA]“.

Leia o texto - escrito no pior inglês possível - da petição na íntegra.

Nós peticionamos para que a administração de Obama: 
Se posicione contra a expansão bolivariana no Brasil promovida pela administração de Dilma Rousseff
Em 26 de outubro Dilma Rousseff foi reeleita e irá continuar com os planos de seu partido de estabelecer um regime comunista no Brasil – nos moldes bolivarianos propostos pelo Foro de São Paulo. Nós sabemos que aos olhos da comunidade internacional a eleição foi totalmente democrática, mas as urnas eletrônicas não são confiáveis, além do fato de que os chefes do Judiciário são predominantemente membros do partido vencedor. 
Políticas sociais também influenciaram a escolha da presidente, e as pessoas foram ameaçadas com a perda de sua bolsa alimentar caso não reelegessem Dilma. Pedimos à Casa Branca uma posição com relação à expansão comunista na América Latina. O Brasil não quer e não se tornará uma nova Venezuela. Os Estados Unidos precisam ajudar os promotores da democracia e da liberdade no Brasil.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

TSE NEGA PEDIDO DE AUDITORIA DAS URNAS
Fonte: G1

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral negou nesta terça-feira (4) um pedido do PSDB para formar uma comissão de representantes de partidos para realizar uma auditoria nos sistemas de votação e totalização do resultado das eleições de 2014.

A corte, no entanto, liberou o fornecimento de dados e acesso a programas e arquivos eletrônicos usados no processo. Com as informações em mãos, o PSDB poderá fazer sua própria auditoria ou mesmo contratar uma verificação independente.

Na eleição, a presidente Dilma Rousseff (PT) foi reeleita com 51,64% dos votos contra 48,36% de Aécio Neves (PSDB). O PSDB argumentou que suspeitas de fraude nas redes sociais justificam o pedido de auditoria.

Em seu pedido, o partido sugeria a criação de um grupo de especialistas indicados pelos partidos. Relator do pedido, o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, argumentou, no entanto, que não era possível obrigar as demais siglas a participar de uma comissão a partir do pedido de umas delas.

Mesmo assim, votou pela disponibilização das informações requeridas para o PSDB, mas reiterou que os dados já estavam disponíveis a partidos, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil.

O voto de Toffoli foi seguido pelos ministros Gilmar Mendes, Rosa Weber, Napoleão Nunes Maia Filho, Henrique Neves e Luciana Lóssio.

PSDB diz ter sido atendido
Ao saber da decisão do TSE, o coordenador jurídico da campanha de Aécio, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), minimizou o fato de o tribunal ter rejeitado a criação de uma comissão para auditar o resultado da eleição. Para ele, a autorização dada pelos ministros para que o partido tenha acesso aos dados da votação permitirá a perícia.

Eles liberaram todas as informações para que a gente escolha os técnicos e façamos a perícia. Foi uma medida acertadíssima do tribunal”, afirmou o tucano.

Segundo Sampaio, ao fornecer os arquivos eletrônicos usados no procedimento de votação, o TSE reconhece que existe, dentre parcela da população, "dúvidas quando ao processo eleitoral”.

O tribunal está tendo a sua credibilidade contestada, na minha opinião, indevidamente. Agora, a nação vai saber se há motivo ou não para dúvidas. Vamos saber se há falhas e se essas falhas são suficientes para alterar o resultado. Na minha opinião, não são suficientes para tanto”, disse.

A petição do PSDB pedia a disponibilização de cinco tipos de documentos relacionados à votação: boletins de urna, que registram os votos dados a cada candidato nas urnas; documentos gerados nas seções eleitorais; cópias de arquivos eletrônicos com a memória dos resultados; “logs” originais das urnas, arquivo considerado a “caixa-preta” das máquinas, que registra tudo que ocorreu durante a votação; além dos logs da transmissão e recebimento dos dados.

Além disso, o partido solicitou acesso às ordens de serviços e registros técnicos sobre manutenção e atualização dos sistema de votação do segundo turno; programas utilizados pelos tribunais regionais eleitorais e TSE; bem como os programas armazenados dentro das urnas.

Em longo voto, Dias Toffoli repetiu diversas vezes que as informações e programas solicitados pelo PSDB para conferência já estavam disponíveis aos partidos políticos, Ordem dos Advogados do Brasil e Ministério Público antes do pleito. Os dados ainda poderiam ser obtidos no próprio site do tribunal ou nos cartórios eleitorais.

Tudo que foi pedido foi previamente garantido [...] Tudo isso que está sendo deferido já era deferido anteriormente, pelas leis eleitorais e normas desta corte. Esta corte não se omite em fornecer as informações”, afirmou Toffoli em seu voto.

O ministro disse que algumas das informações deverão ser pedidas diretamente às juntas eleitorais ou aos TREs, com mais especificações e detalhes; outros pedidos, especialmente relacionados a programas do sistema eletrônico serão fornecidos diretamente pelo setor de tecnologia do TSE. De posse desse material, o próprio PSDB poderá fazer uma verificação.

Auditorias independentes
Em seu voto, Toffoli lembrou ainda de audiências públicas no início do ano em que os procedimentos foram apresentados, bem como disponibilização dos programas para conferência de técnicos indicados pelos partidos.

É muito bom que o partido tenha feito esse pedido para ficar claro para a sociedade brasileira. Poderiam ter contratado empresas independentes de auditoria para verificar tudo”, afirmou. “Os partidos que quisessem utilizar programas próprios de verificação [para testes] poderiam ter apresentado até 90 dias antes do pleito”, explicou. Disse ainda que os programas de totalização foram novamente verificados na véspera do primeiro e do segundo turno, na presença do Ministério Público Eleitoral.

Ele também informou que, nos dias 5 e 26 de outubro, foi chamada uma empresa “independente” para conferir a correção do processo após a votação. “O resultado demonstrou a coincidência entre os votos digitados e os votos apurados de forma unânime, sem nenhum tipo de problema”, disse Toffoli.

O ministro também contestou argumento do PSDB que apontava o fato de que os votos não são impressos para eventual conferência. Disse que isso foi declarado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, sob o argumento de que poderia facilitar a compra e venda de votos. “Já foi-se o tempo da República Velha, em que o mesário tinha que passar recibo dos votos para o coronel”, afirmou.

Depois, justificou o início da divulgação dos resultados somente a partir das 19h de Brasília no primeiro turno e às 20h, no segundo, para respeitar o fim da votação no Acre, cujo fuso horário tem duas horas a menos que a capita federal e três a menos no horário de verão. “Foi uma decisão tomada por esta corte em 2013. Não foi uma decisão tomada pelo presidente desta corte”, afirmou Toffoli. “Tal norma apenas repetiu o que foi estipulado em pleitos anteriores”, disse.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

LOBÃO COLOCA PSDB NUMA CILADA HISTÓRICA
Fonte: Blog do Saraiva

Colunista Renato Rovai avalia que o partido fundado por pessoas como Mário Covas “está se deixando sequestrar pelo mais tacanho conservadorismo e parece não se incomodar mais em ser associado a movimentos que clamam por intervenção militar”; segundo ele, ou o PSDB isola o movimento “Banana’s Party”, liderado por nomes como o de Lobão, ou “não há mais como não entender o partido como o centro das articulações de um movimento golpista”.

247 – O colunista Renato Rovai vê movimentos liderados por nomes como de Lobão, Roger, Danilo Gentili, Reinaldo Azevedo, Luciano Hulck, Ronaldo Fenômeno, que clamam por intervenção militar, como uma grande ameaça para o PSDB. ‘Ou isola a ação, ou vai se entregar como centro das articulações de um movimento golpista’. Leia:

Lobão e o seu Banana’s Party colocam PSDB numa cilada histórica

Costuma-se dizer que o Brasil não é um país para amadores. Mas o fato é que eles abundam em terras tupiniquins. E mesmo no universo da política, onde o mais bobo consegue consertar relógio suíço num quarto escuro e com luva de box, cada dia surgem novos nomes invocando-se líderes de um pedaço da população e falando em nome dela. Os recrutas de turno atendem pelas alcunhas Lobão, Roger, Danilo Gentili, Reinaldo Azevedo, Luciano Hulck, Ronaldo Fenômeno e figuras que conseguem ser ainda mais caricatas como um tal de Olavo de Carvalho, que se apresenta como filósofo, e Rodrigo Constatino, que nem se apresenta porque não sabe terminar uma frase.

Eles se tornaram os ídolos dos verdadeiramente desinformados. Aqueles que leem Veja, gostam de piadas racistas e fascistas e que reproduzem chorume pelas plataformas de rede sociais.

Os novos heróis do Brasil que clama por intervenção militar nada mais são do que a tentativa de reproduzir um movimento que levou (pasmem!) o Partido Republicano a perder não só eleições, mas o eixo. Nos EUA, esse movimento ultra-direitista conhecido como Tea Party tem como centro de seu discurso a redução dos impostos, mas para dar molho à sua tese também defende o criacionismo, porque Deus é o pai de todos, e a guerra, porque ela geraria empregos. Para a turba que de vez em quando sai às ruas americanas para protestar, Obama é o principal alvo por ser um comunista radical. Isso mesmo, você não leu errado. Não é a toa que eles acham o PT um partido de extrema esquerda.

Como nos EUA o nome do movimento é denominado de Tea Party e nossa terra não é exatamente caracterizada pela ingestão de chá, vou batizar o movimento liderado de Lobão de Banana’s Party (pode usar a vontade Lobão, não vou cobrar direitos autorais pela ideia). Banana’s Party tem muito mais a ver com o estilo dos manifestantes daqui. São uns covardes que não aceitam o resultado das urnas e querem uma intervenção militar.

Nos EUA esse movimento de direita emburrecida é centrado na luta contra os impostos. Mas aqui no Brasil como provavelmente boa parte da tropa é sonegadora, o que os une é o grito contra a corrupção e o PT. Para eles, o PT e sua estrela vermelha criaram a luta de classes. Sem o PT, garantem, os pobres não iriam querer deixar de ser pobres e os negros iriam continuar no seu cantinho.

Não há nada que incomode mais essa gente do que as palavras cotas e Bolsa Família. Se quiser fazê-los cair no chão e estribuchar use-as como se fosse alho contra vampiros. Elas são infalíveis.

O valor do Bolsa Família eles gastam numa taça de champanhe, mas consideram que ao garantir essa renda mínima para os mais pobres o governo petista transformou o Brasil num país de vagabundos. É o Bolsa Família que os impede de continuar pagando os 200 reais de salário mínimo da época do FHC para suas empregadas domésticas e por isso eles não perdoam nem o Lula e nem a Dilma.

Quanto as cotas, aí o buraco é ainda mais embaixo. Elas são até mais assustadoras para a turma do Banana’s Party porque estão misturando seus filhos com os filhos dos pedreiros. Onde já se viu um garoto negro estudar na mesma faculdade da minha filha que foi criada como uma Barbie? E pior ainda, imagina minha filhinha que estudou em escola americana não entrar numa faculdade na qual o filho do pedreiro que estudou num colégio público entrou. Aí já é vandalismo. E por isso eles vão para a rua gritar contra o PT. E por isso eles apoiaram fervorosamente a candidatura de Aécio Neves.

Mas como Aécio Neves perdeu, eles decidiram que cansaram de brincar com esse negócio chamado democracia. E que eleição é coisa de pobre e não tem a menor graça. A turma do Banana’s Party quer intervenção militar. Querem um governo que prenda e arrebente quem defender direitos humanos, direitos sociais, direitos de gênero etc. O pessoal do Banana’s quer no mínimo Lula e Dilma na cadeia. Mas preferem vê-los sendo eliminados por um batalhão de fuzileiros em praça pública.

O Tea Party americano quando sai às ruas é um pouco mais engraçado do que o Banana’s Party. A galera sai fantasiada. No Brasil, os Bananas apenas carregam cartazes com suas palavras de ordem fascistas.

Mas você pode estar se perguntando. Você está assustado com o Banana´s Party, Rovai? Você acha que eles podem conseguir o impeachment de Dilma? Você acha que eles podem fazer os milicos de pijama (ou bananas?) saírem dos seus clubes militares e marcharem em direção ao Congresso?

Claro que não. Até porque o nome do movimento que alcunhei para que eles não fiquem por aí perambulando sem nome já denuncia o que essa turma é. E mais do que isso, qualquer coisa que for liderada por pessoas do nível do Lobão tende a ser no máximo uma piada.

A questão é outra. Creiam, estou preocupado com o PSDB. O partido fundado por pessoas como Mário Covas está se deixando sequestrar pelo mais tacanho conservadorismo e parece não se incomodar mais em ser associado a movimentos que clamam por intervenção militar. Isso é o mais assustador dessa história.

Com todas as suas idiossincracias, sempre considerei os tucanos como um partido de liberais democratas. Agora, até isso já é algo a se duvidar.

Ou o partido reage e isola o Banana´s Party, deixando que as ovelhas do Lobão se organizem em torno de um Feliciano ou Bolsonaro ou o PSDB vai ser sequestrado por recrutas que juntam 500 pessoas na frente do Masp, mas que vão levá-lo a um fim desastroso.

O povo, amigos, é muito mais inteligente do que parece. E, entre outras coisas, o que ele rejeitou nas urnas em 26 de outubro foi o ódio. O ódio que escapa por todos os poros da turma do Banana´s Party. O ódio que move Bolsonaros e Felicianos. O ódio que pode fazer bem a extrema direita como projeto político, mas que não era a pedra de toque do PSDB.

Só há uma forma de o PSDB continuar a existir. É dizer claramente à sociedade que rejeita o Banana´s Party. E que condena veementemente suas posições. Ou é isso ou não há mais como não entender o partido como o centro das articulações de um movimento golpista.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

TUCANO PEDE QUE RADICAIS DEIXEM PSDB E É XINGADO DE PETRALHA
Fonte: BRASIL 247

247 - O tucano Xico Graziano, ligado ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), criticou, por meio de seu perfil no Facebook, aqueles que pedem o impeachment da presidente Dilma Rousseff e afirmou: "quem concordar com as teses dessa turma aguerrida que vê o comunismo chegando, é contra os benefícios sociais, sonha com a ordem militar, por favor, deixem o PSDB".

Seu texto foi duramente criticado por usuários da rede social, inclusive com xingamentos. Alguns chegaram a chamá-lo de "petralha".

Graziano, que já foi deputado federal pelo PSDB e chefe do Gabinete Pessoal de FHC, escreveu em seu perfil no Facebook uma análise sobre como a direita no Brasil não encontraria representação em nenhum dos partidos políticos existentes, direita essa que tem "o Deputado Bolsonaro e o ensaísta Olavo de Carvalho" como seus expoentes.

Leia abaixo o texto na íntegra:

"Mexi num vespeiro da política ao postar aqui, ontem, opinião contrária ao impeachment da Dilma. Julguei a causa antidemocrática, não republicana. Não gostei daqueles discursos irados, revanchistas e reacionários. Tomei um troco bravo. Recebi centenas de comentários, críticos a maioria, de baixo nível muitos deles. Vou aprofundar a polêmica. Sigam meu raciocínio. 
Existe no Brasil uma ideologia própria da direita que se encontra desamparada do sistema representativo, quer dizer, sem partido político. Sua força se mostra na rede da internet. Essa corrente luta para destruir o PT, acusando-o de querer implantar o comunismo por aqui. Defendem as liberdades individuais, combatem tenazmente a corrupção organizada no poder, desprezam totalmente as lutas sociais, mostrando-se intolerante com o direito das minorias. O Deputado Bolsonaro e o ensaísta Olavo de Carvalho são seus expoentes. 
Tudo bem. Acontece que, no período das eleições presidenciais, essa tendência se articula no seio do PSDB, trazendo para nosso partido suas causas. É normal existirem as alianças eleitorais, e para tal existe o segundo turno. O problema surge quando os militantes da direita exigem que nós, os sociais democratas, encampemos sua ideologia, o que seria um absurdo. 
A intolerância mostrada em minha página do facebook reflete essa incompreensão. Criticam minha coerência, decepcionam-se com os meus valores imaginando que eu deveria assumir os deles. Pior, alguns tolamente me acusam de ser “petista infiltrado”. Dá até um pouco de dó. 
Ora, nós, do PSDB, nascemos inspirados na socialdemocracia europeia, com viés da esquerda. Nossa origem reside no MDB autêntico, que foi decisivo na derrubada da ditadura militar. Nós fomos decisivos na Constituinte de 1988. Fomos nós, com FHC à frente, que criamos as bases socioeconômicas do Brasil atual, inclusive as políticas de transferência de renda e as cotas.
Na complexidade do mundo contemporâneo anda difícil rotular os partidos, e as pessoas, como de “direita” ou de “esquerda”, categorias válidas no século passado, mas ultrapassadas hoje em dia.
De qualquer forma, quem concordar com as teses dessa turma aguerrida que vê o comunismo chegando, é contra os benefícios sociais, sonha com a ordem militar, por favor, deixem o PSDB. Vocês é que estão no lugar errado, não eu!"
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E para terminar, a Globo levando tapa na cara... em plena Globo.

PARA NOBEL DA PAZ, BOLSA FAMÍLIA É EXEMPLO PARA O MUNDO
Fonte: ANPT

Em entrevista ao programa “Fantástico”, da “TV Globo”, exibida no domingo (2), Kailash Satyarthi elogiou os programas de transferência de renda do governo brasileiro. Vencedor do Prêmio Nobel da Paz, em 2014, o ativista luta há 35 anos contra o trabalho infantil e salvou 80 mil crianças na Índia, onde nasceu e trabalha.

Quando você fala do Brasil, você pode ver a minha cara. É como a minha segunda casa. Eu amo o País, eu amo o povo. Alguns dos meus melhores amigos são brasileiros”, contou.

Segundo ele, o Brasil tornou-se um exemplo importante a partir da aplicação do Bolsa Família, sobretudo por conseguir tirar as crianças do trabalho e as colocar na escola. Para Satyarthi, há ainda muitos esforços a serem integrados.

Educação, luta contra o trabalho infantil, saúde, tudo pode ser convertido em um único esforço. Como o Bolsa Família, que pode ser utilizado em outros países”, disse o indiano.

Em dezembro, antes de ganhar o Nobel, ele esteve no Brasil e se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Paulo. Além do Bolsa Família, o indiano elogiou as políticas públicas brasileiras de combate ao trabalho infantil. “Eu sei que a luta contra o trabalho infantil está muito próxima ao seu coração”, disse a Lula, na ocasião.

Satyarth vai dividir o Nobel da Paz com a paquistanesa Malala Yousafzai. Com apenas 17 anos, ela ficou conhecida mundialmente depois de sofrer um atentado comandado pelo grupo terrorista Talibã. Malala defendia o direito das meninas do Paquistão a estudar. Os prêmios serão entregues aos dois no dia 10 de dezembro.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

E SÓ PARA LEMBRAR...

Protesto da Elite Contra Dilma Reúne Menos de 4 Mil No Brasil



Não adiantou Danilo Gentalha Gentili, não adiantou Babão Lobão, nem Roger do Ultra Sem Sabor ou Cheirazedo.

O infame protesto contra Dilma que reuniu apenas 30 desocupados pessoas em São Paulo há quatro dias já foi uma demonstração de que o povo não se deixa levar por loucuras partidárias da elite anti-povo.

No protesto organizado nacionalmente, que iria "tomar as ruas do país neste sábado", a história se repetiu. Dos mais de 100 mil inscritos em São Paulo, apenas 2 mil compareceram. No resto do país, a "multidão" reunida não passou de duas mil pessoas.

Repercutimos abaixo as cenas mais hilárias e patéticas.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cerca de 1.500 pessoas participaram de protesto em SP; faixas pediam impeachment da presidente e intervenção militar


Fernando Zamora/Futura Press
Manifestação na avenida Paulista reuniu cerca de 1.500 pessoas contra Dilma Rousseff

Cerca de 1.500 manifestantes se reuniram na tarde deste sábado (1°) em um protesto contra a presidente Dilma Rousseff, segundo a Polícia Militar (PM).
O ato, combinado pela internet, reunia pessoas com faixas de "Fora PT", "Dilma sabia", além de pedidos de impeachment da presidente reeleita e de intervenção militar.  
O cantor Lobão e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC), filho de Jair Bolsonaro (PP) participaram da manifestação. 
O protesto começou às 14h na avenida Paulista (zona oeste de São Paulo) e, pelas 16h, interrompia completamente o tráfego nos dois sentidos da avenida. O destino final da passeata foi o Parque do Ibirapuera. 
Por volta das 17h, os manifestantes chegaram à avenida Brasil e houve um princípio de confusão entre o grupo que pedia impeachment e o grupo que queria intervenção militar, segundo reportagem da rádio CBN.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------
EM BH 
Cerca de 400 pessoas se reuniram na praça Sete na tarde deste sábado (01) pelo mesmo motivo dos paulistas. As centenas de pessoas se concentraram no local, segundo informações do tenente Isidoro, e seguiram em caminhada pela avenida Afonso Pena até a sede da Prefeitura de Belo Horizonte, bradando palavras de ordem e frases contra a presidente reeleita. Uma mulher começou a gritar defendendo o Partido dos Trabalhadores e deu início a uma confusão. Outro conflito aconteceu quando os manifestantes perceberam que um carro que passava pelo local levava em seu interior uma bandeira do PT. Ninguém ficou ferido.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vitória tem manifestação por impeachment da presidente Dilma

Cerca de 70 pessoas participaram do protesto, em frente à Ufes.
Ato foi organizado pela internet em diversas capitais do país.

Protesto contra Dilma, em Vitória (Foto: Vinícius Valfré/ A Gazeta)

Manifestação pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff atraiu cerca de 70 pessoas, em Vitória, neste sábado (1). A concentração aconteceu em frente à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O ato foi organizado pela internet em diversas capitais do país.
Os manifestantes ocuparam uma faixa da Avenida Fernando Ferrari, no sentido Serra - Centro. De acordo com a central de videomonitoramento da Guarda de Vitória, o trânsito não foi afetado.  Com cartazes e faixas, os manifestantes criticaram o governo petista, reeleito no dia 26 de outubro.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Protesto pelo impeachment de Dilma reúne apenas 20 pessoas em Manaus

A concentração foi no Largo São Sebastião. Algumas pessoas pintaram os rostos e levaram faixas e cartazes com as mais variadas mensagens

Cerca de 20 pessoas estiveram no Largo São Sebastião para participar do primeiro protesto que pede o impeachment da presidente Dilma Rousseff em Manaus.Foto: Alisson Castro

Manaus – Cerca de 20 pessoas estiveram no Largo São Sebastião para participar do primeiro protesto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff em Manaus. Algumas pessoas pintaram os rostos e levaram faixas e cartazes com as mais variadas mensagens.
A convocação de mil participantes foi feita por meio de uma página no Facebook. “Os caras pintadas voltaram! Levem seus cartazes, vamos botar esse gigante para andar”, informava o comunicado na rede social.
A responsável pelo evento, Aline Araujo, justificou que a manifestação em Manaus começou às 12h, para ser ao mesmo tempo em que aconteciam protestos pelo País. "A união faz a força e, por isso, levamos em consideração o horário de verão, para ir para as ruas com todo Brasil. Não podemos ficar calados diante de tantas denúncias contra o PT", afirmou Aline.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

FONTES: O Tempo / D24 / IG / G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...